9.11.07



















Se, em vez de ser uma Sereia, eu fosse um lugar no mundo, estaria aqui.

A Adraga do meu coração.

Esta seria a minha cara se me tirassem uma fotografia. Este seria o aspecto do meu corpo em cada pôr-do-sol.

Mas, sendo Sereia, este é apenas o meu lugar.


6 comentários:

Ricardo disse...

Ola, amiga Alda, nao concordo muito com o que dizes.
Nao poderias nunca estar no Mar da Adraga sem que antes nao estivesses espalhada pelo coraçao das varias pessoas que cativaste ao longo deste anos.
Sei que no meu tens ca o teu lugar, como sempre iras ter.
beijo
Ricardo Abrantes RFA

Marina de Carvalho Abrantes disse...

Minha amiga!, única em si mesma.. sereia ou não, sem tempo ou com uns minutinhos livres, consegue sempre aparecer de vez em qd para iluminar as nossas vidas e dar um brilho de gloss aos nossos olhares...
Mas que bela ideia, "imortalizares-te" assim...!
Espero-te sempre, para um chá, café, talvez um concerto.
Espero-te sempre para partilhar...
Um beijo quente para o inverno humido da Adraga e do Penedo :-)
Da colega, amiga e meio-afilhada, Marina.

Claudia disse...

És a nossa linda Sereia, que tanto adoramos, acredita! És uma pessoa fantástica que apesar da tua vida mais ke atribulada, diga-se de passagem, és uma querida e jamais esqueces os amigos. Beijo grande Linda.

Estupefacto disse...

Há muito que esperava por este momento.
Não é preciso esperares sentada para que eu venha visitar este canto, por isso não sei o porquê de tantos assentos fora de sítio. Pronto ok não são assentos são acentos.
Homofonices...

Filipa disse...

És uma pequena Sereia com um coração muito grande e bonito!!
Consegues encher o meu coração de alegria com o teu calor humano e a tua presença adorável!
Tens um lugarzinho muito especial no coração de várias pessoas, e por aqui vais ver quem realmente tu tens na tua vida que te adora!
Jamais vou esquecer o que me fizeste e continuarás a fazer-me sentir com a tua AMIZADE VERDADEIRA!
Muitos abraços apertadinhos.

Sereia* disse...

Tenho um amigo que tem por hábito ler 4 ou 5 vezes tudo o que escreve antes de dar a conhecer a qualquer outra pessoa... está na altura de aprender qualquer coisa com ele...

Obrigada pela correcção.