10.2.08

Horizonte





Contemplai ambos os horizontes fielmente para que um dia possais dizer ao mundo o segredo que vos contei.



É Agosto
Paira no ar uma espécie de verão
São 9 horas da noite
O Sol já se pôs mas ainda não veio
o crepúsculo imenso, notívago.
O vermelho no horizonte não deixa ainda brilhar a primeira estrela.
A cor pálida que se lhe segue
só prova que o rei dos astros
apenas vai a meio do seu destino,
mas não partiu totalmente.
Isso não. Isso nunca.
Ele vai voltar sempre
e vai travar batalhas,
revelar segredos,
permitir-se amar a cor azul clara,
cor do sangue do céu, sem núvens de algodão.
Daqui a pouco esse azul claro, esse sangue,
vai escurecer
E aí sim, outros astros vivem.
Outros astros,
outros sangues,
outros horizontes
mais sintilantes e mais estrelados.


19 de Agosto de 1999 * 5ª feira




1 comentário:

Pipinha disse...

Maravilhosa foto!!! Adoro o nascer e o pôr do sol, são momentos lindos de se apreciar!!!
E a fotógrafa é uma miúda muito kidaaaaaa!!!
Continua a mostrar as tuas fotos lindas, porque encantas!
Beijinhos amiga.