22.4.08

Terra

Sou da mesma Terra que tu*

Da terra das árvores,






da Terra das flores,


































da Terra dos homens,




da Terra dos animais,








Sou da mesma Terra que tu*


Da Terra das pedras altas,





Da Terra das cabeças duras,





Da Terra dos caminhos tortos,







Da Terra das janelas abertas,


Sou da mesma Terra que tu.
Hoje comemora-se a Terra.
E eu, Sereia* do Mar e da Terra, deixo aqui mais uma entrada com fotos minhas.
Numa sequência dedicada à Terra, não à comemoração Dela, mas a Ela.
Desde sempre e para sempre, a minha Terra.
A mesma Terra.
Porque sou da Terra e não do céu.

4 comentários:

FavaRica disse...

:-)
Também me dediquei à terra hoje, no meu blogue!! :-)

Achei que era uma boa referência... e merecida!

Gosto das fotos (principalmente do nosso amiguinho do parque de campismo :-D)

Beijinhos escamosos*

Pipinha disse...

Uauuu!! Adorei as fotos!!
Amiga kida, é impressão minha ou tu andas desaparecida e não me deixas miminhos no meu blog há muito tempo? :( espero que não estejas zangadita comigo, porque eu não sei o que se passou, se te disse alguma coisa que não gostaste, peço desculpa.
Só sei é que tenho bué saudades tuas, já não nos vemos há séculos!!!
Muitos beijinhos e um abraço muito apertadinho e cheio de carinho, paz e alegria.

Angel of Light disse...

As minhas asas de anjo, transformaram-se em enormes barbatanas e mergulhei pelas profundezas do teu mar à procura de tesouros. Encontrei um baú... com uma placa que dizia - "Dezembro de 2007" e, silenciosamente, abri-o. Descobri o que descobriste nessa altura... e, tal como tu, também eu já tinha passado por todo aquele turbilhão de informações novas... de uma cor nova!

Acontece-me, com muita frequência, o que descreves com o telemóvel. E também com a campainha da porta cá de casa, com encontros, com pensamentos que coincidem com outros sem qualquer erro de fração de segundos. Até já cheguei a saber que iria sair um problema no teste do meu filho F., cuja a matéria nem saía para aquele teste... No princípio era assustador mas agora é encantador, é mágico!

Gostei muito da tua partilha nas proximidades da época natalícia do ano passado. E essa tua irmã de coração é também tua irmão de luz!

Como sempre, adorei as tuas fotos da nossa linda Terra, a nossa casa neste momento, o palco onde "representamos" os papéis que escolhemos antes de entrarmos em cena.

Deixo-te aqui uma frase para reflectires - Somos da Terra, neste momento, mas pertencemos ao Céu. A Terra é dos lugares mais maravilhosos do Céu. Pensa nisso!

Fica bem.

Beijinhos cheios de Amor, Paz e Luz!

Pipinha disse...

Obrigada mianha amiga kida, pelo miminho grandeeeeeeeeee que me deixaste no meu cantinho!! Uff, já estava a ficar preocupada, mas ainda bem que não estás zangadita comigo, porque eu gosto muito de ti e tu sabes isso.
Espero que a tua mãe melhore depressa e ainda bem que ela quis ir passear contigo, faz-lhe mudar de ares.
Boa viagem e divirtam-se!
Um óptimo fim-de-semana com muito carinho, paz e alegria.
Beijinhos e abraço apertado.