26.7.08

"O Segredo" de certos e determinados livros

Há coisas fantásticas, não há?

Uma delas é a literatura.
Para mim, pelo menos, é fantástica.
Gosto muito de ler e se me apanho em frente de uma bancada de livros... meu deus! Nunca mais dali saio! Normalmente, quando passo na fnac (passo a publicidade gratuita) é um desatino. Gasto lá rios de dinheiro em livros e música. Nunca consigo sair de lá com as maozinhas a abanar.
Infelizmente, a literatura tens uns preços muito difíceis de digerir. Livros, em Portugal, são pagos a preço de ouro. Se bem que o ouro já está ultrapassado. Agora são pagos a preço de petróleo!!!
Eu acho mesmo que o objectivo da prática de altos preços nos livros não passa por engrandecer os cofres de quem os escreve ou de quem os publica, mas antes passa por evitar que os portugueses leiam. A sério!
E digo isto com tristeza. Porque eu não deixo mesmo de comprá-los... e assim gasto o dobro ou o triplo do dinheiro que gastaria se o objectivo passasse por achar bom que os portugueses lessem.

Fico mesmo chateada. Com certeza que fico chateada!

Há algum tempo ofereceram-me um daqueles livros da moda, que se vendem aos camiões e que são 'best sellers' em tudo quanto é país cujo objectivo é que os seus habitantes NÂO leiam.
Todos já devem ter ouvido falar de "O Segredo".
Pois bem... como tenho sempre pilhas de livros em cima da mesa de cabeceira para ler (em jeito de fila de espera) este foi para a estante (para uma fila de espera maior e sem direito a prioridades, nem cunhas).

Um dia destes, agarrei e fui buscá-lo. Decidi que ia lê-lo.
E, na verdade, até tinha vontade de ler... mas não consegui.
Aconteceu-me o mesmo com o único livro do Saramago que alguma vez tentei ler. Comecei, li umas páginas e depois, não aguentei mais e desisti.

O livro "O Segredo" pertence ao grupo de livros que eu considero de auto-ajuda. Sendo que tenho alguns de que gosto e sendo que este pertence ao grupo dos que eu não gosto. É simples, é de leitura fácil e acessível, tem testemunhos reais, tem uma base a que chamam científica... mas eu... Não gostei, pronto.

Acho um bocadinho triste ler um livro onde em todas as páginas nos é provado por A+B que podemos ter TUDO o que desejamos na vida. Mas mesmo TUDO. TUDINHO.
Quem quer ser milionário, só não é milionário porque não pensa da forma correcta; quem quer ter uma casa com piscina e court de ténis e 50 assoalhadas, só não tem porque não pensa da forma correcta; quem quer ser dono de uma multinacional, só não é porque não direcciona o pensamento na direcção correcta...

etc, etc, etc...

O livro todo assim! Quer dizer, já estou a meter água... eu não li o livro todo... vá, as primeiras páginas, umas 20...Uma teoria infalível prova que a população mundial não pensa da melhor forma em relação àquilo que mais deseja na sua vida.

Isto custa-me! Isto deixa-me com dores nas fontes.
E no coração, porque fica mesmo apertadinho.

Se olharem para o livro conseguem identificar várias pessoas ultra-conhecidas nos Estados-Unidos que deram o seu testemunho real. Pessoas que conseguiram mudar a sua vida por completo depois de terem lido "O Segredo".
E o segredo diz que se alguém quer muito uma coisa na sua vida, só tem que pensar muito nela e pensar sempre positivo, para que essa coisa aconteça.
Basicamente o que o livro diz é: se queremos alguma coisa (o que quer que seja) temos de pensar como se isso fosse uma realidade, temos que estar sempre a pensar positivo e não podemos pensar negativo, do género: "nunca mais tenho aquilo que quero, que chatice".

Agora pergunto eu, assim em jeito de MUUIIITO BURRA:

- Haverá mais gente a pensar em comida do que aqueles que morrem à fome nos países africanos???
- Haverá algum etíope que não sonhe quase diariamente com comida e com água potável???
- Haverá mais gente a pensar nos direitos humanos do que aqueles que vivem nos países onde esses direitos não são minimamente assegurados e garantidos???
- Haverá mais gente a pensar em como seria bom não estar infectado com o vírus da SIDA, do que os milhares de milhões de pessoas infectadas?
- Haverá algum Tibetano que não pense com um sorriso na liberdade e na independência?
- Haverá algum português que não pense como seria bom viver com petróleo a 10 cêntimos o litro???

Bem... acho que nunca mais saia daqui com todas as perguntas que me surgem na cabeça assim de chorrilho, assim de enxurrada!

Por isso, custa-me ler estas coisas. Não leio. Chego ali à pagina 20 (já com muita paciência) e pronto. Chega! Fecho o livro e vou buscar outro. Um de Poesia do Al Berto ou um das crónicas do Caetano Veloso ou qualquer um de Fernando Pessoa... e leio até ao fim qualquer um da Rosa Lobato de Faria.

Ás vezes pergunto-me como é que podem existir segredos destes, desvendados em livros que mudam a vida de tanta gente, mas não mudam a vida de quem, de facto, precisa...

Será que deviam distribuir gratuitamente uma tradução deste livro na Etiópia, no Tibete, no Gana, no Congo, na Sérvia, na China... sei lá!
Será que na Arábia Saudita (o país do petróleo) o livro é de leitura obrigatória nas escolas??? E no Dubai?

Faz-me 'espécie'!
E eu até gostava de segredos por desvendar...

8 comentários:

platero disse...

li, gostei, tenho inveja de ti porque vives a ouvir o Mar.

sou alentejano profundo. Deixo morada para tempos de tédio:

http://(h)ortografias.blogspot.com

beijoca

Sereia* disse...

Caro Platero,

volte sempre que lhe apetecer mergulhar. Eu vou fazer o mesmo nessa morada de palavras feita.

Para quê ter inveja de quem vive a ouvir o Mar, quando se tem a planicie e o Sol e as cigarras a cantar?
O Alentejo é lindo!

platero disse...

sereia

o meu nome é António: António Saias

reformado de tudo;
à beirinha dos setenta
- idade suficiente para exigir
que me trate por tu

próximo enviarei retrato

beijinho, bom trabalho

platero disse...

sereia

idade n�o me permite grandes voos (gaivota) nem mergulhos

vou por isso navegando tranquilo � superf�cie.

beijo

platero disse...

sereia

o meu e-mail é:

asaias@sapo.pt

boas férias? ou trabalho?

Angel of Light disse...

Sereia querida! Voltei ap�s quase um m�s sem computador. Mas j� estou de partida... para f�rias... brevemente.

De qualquer forma n�o queria deixar de passar aqui para te agradecer a tua preocupa�o e palavras queridas que deixaste no meu espa�o.

Quanto ao Segredo, nunca li e acho que fala muito na vertente do dinheiro, por vezes com exemplos rid�culos. De facto devemos viver com pensamentos positivos, sermos Amor... porque assim vamos atrair Amor. Mas da� sonhar com muitos cheques na caixa do correio e passado uma semana sair o Euromilh�es, isso � que n�o. Porque ser� que � um best-seller? Traduz bem a gan�ncia e o ego�smo que o ser humano transporta nos dias de hoje. � o ego a falar bem alto. Enfim... "no comments".

Fica bem.

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Pipinha disse...

Minha Amiga kida e linda, também gosto muito de ler e é realmente pena que os livros sejam caros, mas alguns valem a pena o dinheiro gasto, o mesmo não se pode ser desse "Segedo". Não sei porque é que é um best-seller, há muita gente a acreditar em sucesso fácil, como se fosse aplicável a toda a gente!!! Eu não acredito muito nessas coisas e sim o que tiver que acontecer, acontece!
Finalmente chegou o último dia de trabalho antes das merecidas férias de Verão!!! Amiga, vamos gritar com toda a nossa força: "FÉRIASSSSSSSSSSSSSSSSS!!!".
Espero que corra tudo na tua viagem e que te divirtas muito!!!
Vou viajar também e não levo o pc comigo, mas levo os meus amigos no coração. Tu és sem dúvida uma amiga que tem um lugarzinho muito confortável dentro desse órgão sensível. Adoro-teeeeeeeeeeeee!!
Obrigada por tudo!! A tua amizade é preciosa para mim!
Muitos beijinhos carinhosos, abraço bué apertadinho e longooooo e muitos abanicos coloridos!! :)
Até breve.

O Profeta disse...

Comungamos o mesmo prazer pelos livros...pelos bons claro...


Doce beijo