28.9.08

Sossego de Ser




383

Sossega. Cria a tua própria alma no escrevê-la, o teu pensar que ignoras, a notícia da beleza que passou por ti. Cria a tua serenidade nos arredores afastados de onde és obrigado a existir o que não és. Corta a passagem do que és para o lado em que não consentem o que sejas. Inventa-te na ignorância dos outros sobre ti - e terás renascido inteiro para o inquestionável de seres. A porta. Fecha a porta.




Vergílio Ferreira, Pensar

4 comentários:

Anónimo disse...

hi

my blog name

www.alicivcir.blogspot.com

thanks

Vergilio Torres disse...

Por curisidade, visitei mesmo agora este blogspot e o meu firewall bloqueou a entrada de "qualquer coisa" que nem vi o que era... mas não devia ser coisa boa...

Beijos.

Sereia* disse...

Obrigada.
Eu fiz o mesmo e também não gostei...

Bolas! esta malta não tem mais nada que fazer???
mandar virus para o meu blog???

:(

Feios e gordos!

Pipinha disse...

Querida amiga, que foto fantástica de um ser encantador!! Sossega e tem cuidado com os comentários anónimos. É melhor bloqueares a entrada deles aqui.
Beijoquitas e muitos abanicos coloridos para sorrires :)