30.12.08

E assim passaremos de um dia para outro...

A caminho de 2009...

Saúde!
Festa eterna na alegoria, no sonho e na manhã seguinte!
Fechem os olhos e deliciem-se com a festa de luz e cor que cada um tem em si mesmo!
Gargalhadas vindas do útero da alegria que todos trazemos cá dentro!
Saltos no infinito de tudo o que não somos, nem nunca seremos.
Porque o que somos sempre deixamos de ser a cada momento, a cada passo do Universo.
E o Universo não se engana. O tempo passa porque é assim que tem que ser.
E assim, passaremos de um dia para outro. E a cada dia supomos que se siga uma nova noite.



Não me apetece dizer o costume, não me apetece dizer "feliz ano novo"...
blá blá blá...
Confesso que gosto muito da festa que se proporciona nesta altura do ano e que pretende comemorar a chegada de um ano novo (muito mais do que do Natal).
Mas agrada-me especialmente se o ano novo que vier for ímpar. Quem me acompanha nesta coisa do blog, sabe que tenho aquela coisa dos anos pares.
E pronto. Eis que se afigura um belo de um ano ímpar: 2009!

O que for, o que tiver de ser... cá estarei e vós também.
Certo???
Ceeertoooo!!!

Até lá*

5 comentários:

Paulo Feitais disse...

E que te seja mesmo ímpar, 2009!
Ímpar e pleno.
E que o mar da Adraga te continue a trazer vislumbres do infinito!

beijo imenso

Anita Silva disse...

Um beijo muito grande para minha tão querida amiga Sereia.
Sigamos até 'lá', a esse lugar que tão bem conhecemos. Desde sempre.
Para isso, escutemos as ondas que 'batem' dentro de nós.

Pena disse...

Simpática Amiga:
Um mensagem poderosa. Linda!Extraordinária, que se sente poderosamente!
Possui um génio criativo de enternecer e maravilhar
Um texto/poético doce e de fascínio, sem fim...nunca acaba...nunca termina.
Queria deixar-lhe algo, que é meu:
O profundo valor da existência que está patente em mim, conheço-o.
Bem demais!
Coabito na compreensão dos que me amam. Sinceros. Puros. Ternos. Entendedores.
Não vou falar do amor, porque há amor. Estou certo disso. Disso posso estar certo e convicto.
Que alguém valioso como um tesouro escondido descortine a pureza e beleza do seu extraordinário e fantástico Ser.
Beijinhos de imensa amizade, estima e respeito.
Bem-Haja amiga!
Deslumbrado pelo seu imenso encanto...

pena

OBRIGADO por existir e pela sua amizade para comigo.

Peter Pan disse...

Simpática Amiga:
Um texto delicioso e fabuloso sonhado pelo seu encanto. Enternecedor e doce.
Sobre a vida? Procurei em mim.
Talvez, tenha alguns requisitos, embora tenha procurado muito.
Esforcei-me na sua busca. Rebusquei tudo! Mas, mesmo tudo, numa introspecção intensa. Era necessária.
Não sei!
Andei às voltas infindavelmente no pensamento. Nas ideias que me assolam. Nas atitudes. Nos gestos. No que sinto.
Apesar de não sobrar muito, estou presente em mim.
O que faço? Sei lá o que faço!
A vida que Ele me deu, não é só minha. É de todos!

Fascinado pelo brilhantismo presente da sua escrita genial e sublime.
É um Ser Divinal lindo.
Beijinhos de amizade que a respeita, a estima e a considera.
Sempre a admirá-la...SEMPRE!
Cordialmente ofuscado por tanta magia doce e extraordinária que são suas pertenças...

peter pan

Sereia* disse...

Paulo e Anita,

beijo-vos aos dois.
Porque ambos estão no meu coração e porque sempre vos admiro na sensibilidade das palavras e do sentir que me mostram.


Amigo Pena e Amigo Peter Pan,

Obrigada pelas palavras e pelo mergulho mais fundo que me deixaram.

Vocês é que têm esse coração cheio de bons sentimentos para dar e, por isso, conseguem ver mais, muito mais do que possa escrever em qualquer texto :)

Beijos aos dois*