3.8.09





E podes sempre cubrir-me de musgo e de heras.
O musgo é o abrigo das rochas, das pedras que nas serra habitam. cobre-lhes as costas nos dias e nas noites em que a humidade das lágrimas do Universo se faz sentir na Terra.
As heras, são corações verdes. Às vezes, perdidas sobem os muros à procura dos seus peitos. Outras vezes, crescem em grupos de corações selvagens e quem os encontrar pode ter, para sempre, em sua vida um coração.

Como poderás tu magoar-me, se me cobrires de musgo e de heras?

Vou fazer o que me dizes.
Vou seguir o voo das gaivotas.
Sim, elas sabem.
Ouço muitas vezes elas conversarem numa língua que não consigo decifrar e que não me atrevo a aprender, só para poder continuar a ouvi-las, só para poder continuar a sonhar à beira-mar*

Sem comentários: