11.2.10

(tradução livre, depois de ter ouvido uma música...)


...
podia sentar-me aqui
e escrever uma carta de amor.
depois,
podia lê-la
como se tivesses sido tu a escrevê-la

Sem comentários: