10.5.11

Hoje caminhei de novo pelo caminho de todos os dias. E eu sei que a Primavera tráz a esse caminho aquelas flores. Passo todos os dias e, todos os dias, espero vê-las florir. Acompanho o processo todo com o sorriso de quem espera pelo final feliz.
Hoje. Foi Hoje.
Os Corações Brancos estavam espalhados pelo chão. O vento deve ter passado antes de mim. Passei de modo a não pisar nenhum, escolhi dois e juntei-os na palma da minha mão.

Eu já sabia que os corações iam cair, que o vento ia soprar mais do que a brisa e que a chuva de Corações Brancos existe. Eu já lá estive nesse dia, já vivi esse momento, já vi essas pétalas cairem em circulos espirais e deslizarem até ao chão.

Gosto tanto*

3 comentários:

mfc disse...

Que lindo...
Vi os corações brancos caindo em espiral...
Vi mesmo!

platero disse...

Olá borracho

maravilha seu texto
foi bom ter retomado mergulho

prole - com vai? Tudo na Escola?
continuas linda, imagino

beijos

Sereia* disse...

Caro mfc, obrigada pelo mergulho*


Caro Platero, que bem disposta que fiquei depois do seu mergulho! tenho saudades das suas 'quadras p'ra pular' :) vou dar uma vista de olhos na (H)orta :)

beijinhos aos dois*