26.12.11

Terra

hp1

Fui Terra quando devia ter sido Madeira;

fui Terra quando devia ter sido Fogo, e Metal, e Água.

E, quando devia ter sido Terra, continuei a ser Terra.

Depois, devia ter sido Metal de novo, e fui Água.

Sou Água, agora que devia ser Água.

O meu desequilíbrio natural é um presente do Universo que eu só vou compreender mais tarde.

Trago no bolso estas gotas que já sou.

1 comentário:

mfc disse...

As pessoas sensíveis sofrem pelos outros...
Sofrem demais!!